Hora Santa – Diocese de Anápolis (2022)

Adoração do Santíssimo Sacramento

Comentário inicial

Irmãos e irmãs, vamos iniciar a adoração de Jesus Cristo Sacramentado, presente na Hóstia consagrada com o seu Corpo e Sangue. Alegremo-nos por estarmos aqui, face a face diante do Senhor. Que Ele mesmo tome conta desse tempo que lhe consagramos, como também do nosso coração, dos nossos sentidos e da nossa mente. Que afaste de nós toda distração, toda preocupação e perturbação para que possamos inteiramente nos expor a ação salvadora do seu Amor. Queiramos, então, abrir-nos a este amor que vem curar as nossas feridas e encorajar-nos enfrentar as adversidades da vida. Durante esse encontro com o Senhor vamos fazer alguns momentos de silêncio. Sentados aos pés de Jesus, como Maria, irmã de Marta de Betânia, escutaremos o que o Senhor quer nos dizer.

Dando o início a esta adoração, cantemos o canto eucarístico (enquanto o sacerdote fará a exposição do Santíssimo Sacramento).

Canto: Cantemos a Jesus Sacramentado.

1. Cantemos a Jesus Sacramentado! / Cantemos ao Senhor! / Deus está aqui, dos anjos adorado! / Adoremos a Cristo Redentor.

Ref. Glória a Cristo Jesus! / Céus e Terra, bendizei ao Senhor! / Louvor e Glória a Ti, / ó Rei da glória, / Amor eterno a Ti, / ó Deus de Amor.

2. Unamos nossas vozes aos cantares / do coro celestial! / Deus está aqui! / Ao brilho dos altares / exaltemos com gozo angelical!

3. Jesus, acende em nós a viva chama / do mais fervente amor, / Deus está aqui. / Está porque nos ama, / como Pai, como amigo e benfeitor.

ATO DE FÉ

Dirigente: Senhor Jesus Cristo, nós estamos na Vossa presença. Cremos que estais verdadeiramente presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Em primeiro lugar, prostrados diante de Vós, queremos professar esta fé.

Todos: Senhor, nós cremos, mas aumentai a nossa fé!

D: Com alegria estamos aqui, diante de Vós, Senhor. Queremos dar glória ao Vosso Santo Nome e dizer-vos, aqui, na presença da Vossa Igreja que vos amamos de todo coração. Fostes Vós que nos amastes primeiro, quando ainda éramos pecadores… O Vosso infinito Amor nos resgatou e nos conferiu a dignidade de vossos filhos. Senhor, só Vós sois o Deus vivo e verdadeiro. Só Vós sois o Criador e o Redentor. Por isso todo o nosso ser, toda nossa alma e os pensamentos se voltam, nesse momento para Vós.

T: Jesus, aqui estamos / para vos dizer que vos amamos. / Queremos que sejas o nosso único Senhor. / Queremos ficar sempre mais perto de Vós, / e servir-vos generosamente / com toda a nossa vida.

D: Cremos, Senhor, no mistério da Eucaristia, na qual renova-se o Sacrifício da Cruz para a nossa salvação e a do mundo. Ela é a máxima expressão do Vosso amor e está tão perto de nós.

T: Senhor, nós cremos no Vosso amor, mas aumentai a nossa fé!

D: Cremos, Senhor, que a Eucaristia além de ser um dom gratuito Vosso, é também a missão. Nos compromete com o Vosso Amor e nos encoraja a nos doarmos como o pão, aos nossos semelhantes.

T: Deus, Pai do Céu, / nós cremos em Vosso Amor por nós / e por todos os homens e mulheres./ Aumentai em nós a fé em Cristo Eucarístico. / Iluminai as trevas dos nossos corações, / concedei-nos uma esperança firme, / e um amor perfeito.

Canto: Prova de amor

Prova de amor maior não há,/ Que doar a vida pelo irmão.

1. Eis que eu vos dou / O meu novo mandamento: /

Amai-vos uns aos outros, / como eu vos tenho amado.

2. Vós sereis os meus amigos, / Se seguirdes meu preceito:

Amai-vos uns aos outros, / como eu vos tenho amado.

3. Como o Pai sempre me ama, / Assim também eu vos amei:

Amai-vos uns aos outros, / como eu vos tenho amado.

4. Permanecei em meu amor / E segui meu mandamento:

Amai-vos uns aos outros, / como eu vos tenho amado.

Leitura breve: “Eu garanto a vocês: quem ouve a minha palavra e acredita naquele que me enviou, possui a vida eterna. Não será condenado, porque já passou da morte para a vida”. (J 5,24)

Um momento de silêncio…

ATO DE ADORAÇÃO

D. Senhor, estamos na Tua presença. De Ti viemos. Tu nos criaste. Ensina-nos a adorar-te com toda a alma e com toda a nossa vida. Queremos viver realizando a missão que nos confiastes, contribuindo assim para a realização do Vosso infinito plano de amor. Tu queres que todos os homens, Teus filhos, sejam felizes e tenham a “vida em abundância” seguindo o caminho do Grande Mandamento de Amor.

L. “Em nenhum outro há salvação, porque debaixo do céu nenhum outro nome foi dado aos homens pelo qual devamos ser salvos” (At 3,12). Só Tu, Jesus, sois o único Senhor e Redentor nosso, e nós Te adoramos.

T. Nós vos adoramos, Santíssimo Senhor, Jesus Cristo, / aqui e em todas as Vossas igrejas / que estão no mundo inteiro, / e vos bendizemos / porque pela Vossa santa cruz / remistes o mundo.

L. “Todos nós com o rosto descoberto, refletimos como num espelho a glória do Senhor, e nós nos vemos transformados nesta mesma imagem, sempre mais resplandescente, pela ação do Espírito do Senhor” (2Cor 3,18).

T. Nós vos adoramos, Santíssimo Jesus Cristo.

L. Sois admirável, Senhor, Deus bondoso e compassivo. Adoramos a Vós que sois Onipotente. Tudo podes e nenhum poder pode competir convosco. Sois realmente o Todo-Poderoso. Diante de Vós se dobra todo joelho, no mundo visível e invisível.

T. Nós vos adoramos, Santíssimo Jesus Cristo.

L. Adoramos a Vós, ó Deus, que sois Onipotente. Não há nenhum lugar no mundo privado da vossa presença paterna e providencial. Estás nos lugares nobres e santos e estás também lá, onde não se adora e não se invoca o Teu santo Nome.

T. Nós vos adoramos, Santíssimo Jesus Cristo.

L. Vos adoramos, Senhor, na Vossa Onisciência. Vós sabeis tudo e nada pode ser escondido diante de Vós. Vós conheceis a todos nós, o nosso passado, o nosso presente e também o nosso futuro. Conheceis as nossas obras, os desejos e os pensamentos.

T. Nós vos adoramos, Santíssimo Jesus Cristo.

L. Vos adoramos, Senhor, que sois Bom. Sois a origem e a fonte de toda bondade. Porque sois Bom, nos convidais a viver em contínua comunhão convosco. Nos fizestes a Vossa imagem e semelhança e pela Vossa misericórdia somos Vossos filhos. Enfim, no mistério da Encarnação e da Redenção revelastes a plenitude do Vosso Amor.

T. Nós vos adoramos, Santíssimo Jesus Cristo.

L. Adoramos a Vós, Senhor, que sois Invisível aos olhos da carne. Sois o Espírito, invisível mas real. Podemos ver a Vossa presença na Natureza, na pessoa do nosso próximo, nos sinais e gestos litúrgicos.

T. Nós vos adoramos, Santíssimo Jesus Cristo.

L. Senhor, sois o Infinito e Ilimitado, por isso vos adoramos. Nada vos pode abranger, e sim, Vós abranges tudo. Tudo existe em Vós.

T. Nós vos adoramos, Santíssimo Jesus Cristo.

L. Vos adoramos, Senhor, que sois Eterno. Existes antes de toda a criatura. A Vossa existência não tem o início e jamais terá o fim. Vós sois sempre o mesmo, Senhor.

T. Nós vos adoramos, Santíssimo Jesus Cristo.

L. Vos adoramos, Senhor, que sois Infalível. Não há erro na Vossa Palavra e nos Vossos desígnios. Sois o Verdadeiro em tudo. Sois a plenitude da Verdade.

T. Nós vos adoramos, Santíssimo Jesus Cristo.

L. Adoramos a Vós, Senhor, que sois o Criador. Tudo o que existe no céu e na terra, o visível e o invisível, tudo foi feito por Vós. Não há nenhum outro criador do Universo, além de Vós.

T. Nós vos adoramos, Santíssimo Jesus Cristo.

L. Vos adoramos, Senhor, que sois Deus Uno e Trino. Sois um só Deus e sois ao mesmo tempo a Comunidade, a Santíssima Trindade: o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Adoramos, Senhor, e glorificamos essa União no Amor.

T. Nós vos adoramos, Santíssimo Senhor, Jesus Cristo, aqui e em todas as Vossas igrejas que estão no mundo inteiro, e vos bendizemos porque pela Vossa santa cruz remistes o mundo.

Canto: Te amarei

1. Me chamaste para caminhar na vida contigo,

decidi para sempre seguir-te, não voltar atrás.

Me puseste uma brasa no peito e uma flecha na alma,

é difícil agora viver sem lembrar-me de Ti.

Te amarei, Senhor. (bis) Eu só encontro a paz e a alegria bem perto Ti (2x).

2. Eu pensei muitas vezes calar e não dar nem resposta,

eu pensei na fuga esconder-me, ir longe de Ti.

Mas Tua força venceu e ao final eu fique seduzido,

é difícil agora viver sem saudades de Ti.

3. Ó Jesus, não me deixes jamais caminhar solitário,

pois conheces a minha fraqueza e o meu coração.

Vem ensina-me a viver a vida na Tua presença,

no amor dos irmãos, na alegria, na paz, na união.

Leitura breve: “Senhor, nosso Deus, Tu és digno de receber a glória, a honra e o poder. Porque Tu criaste todas as coisas. Pela Tua vontade elas começaram a existir e foram criadas” (Ap 4,11).

Um momento de silêncio…

ATO DE PERDÃO

D: Senhor, agora queremos pedir-vos perdão. Somos pecadores e o pecado separa-nos de Vós que sois a Vida. O pecado impede-nos de sentir e viver o Vosso Amor. Queremos estar diante de Vós livres do mal e dispostos a fazer Vossa vontade. Queremos que essa adoração vos agrade e sirva para a nossa santificação. Perdão por tantas coisas que não deixam o Vosso amor habitar em nós e que nos separam uns dos outros. Queremos ser “novas criaturas”, Senhor, por isso viemos pedir-vos perdão.

L. O mundo torna-se cada vez mais desumano, injusto e indiferente aos valores sobrenaturais. O nosso planeta, maravilhoso e perfeito presente que destes ao ser humano, está sendo deturpado. Poucos são os lugares onde não passou a mão devastadora da civilização moderna. Senhor, tem piedade de todos nós que não sabemos amar, respeitar e usar devidamente os benefícios que nos destes.

T. Perdão, Senhor, / imploramos a Vossa misericórdia!

L. A ganância marcou profundamente a mentalidade da nossa época. Ela é causa principal da injustiça e do sofrimento, principalmente da gente simples, indefesa e inocente. Os países ricos exploram os mais pobres em desenvolvimento, agravando ainda mais os seus problemas sociais e econômicos. O materialismo, consumismo, comodismo e uma incontrolável corrida em busca do prazer invadem também as nossas casas. Senhor, tem piedade de nós, e de todos os que caíram nas ciladas da ilusão.

T. Perdão, Senhor, / imploramos a Vossa misericórdia!

L. Senhor, a Terra que criastes tem tudo para que a humanidade toda possa ser feliz. No entanto, muitos dos Vossos filhos não têm nem um pedaço para cultivá-la. Os bens são distribuídos injustamente. Muitos não têm onde morar ou vivem em condições desumanas. Muitos vivem na miséria extrema, passam fome e até morrem por falta de alimento. Os salários de tantos operários e trabalhadores são indignos e humilhantes. Senhor, tem piedade de nós e de todos aqueles que causam e toleram as injustiças sociais.

T. Perdão, Senhor, / imploramos a Vossa misericórdia!

L. Todos os homens e mulheres são filhos Vossos e devem ser irmãos uns para os outros. Mas, o espírito de orgulho, de competição, de vingança gera tantas divisões. Não cessam os conflitos militares, que destroem as cidades, povoados e sobretudo as vidas humanas. As guerras civis, organizações criminosas, a violência atormentam a vida de muitas nações. Não há paz, não há segurança. Senhor Jesus, Rei da Paz e Senhor da Vida, tem piedade de nós e dos que não respeitam a vida.

T. Perdão, Senhor, / imploramos a Vossa misericórdia!

L. A causa de todo o mal é o pecado. O homem da nossa época acredita mais em si mesmo, em produtos de suas mãos, nas pesquisas científicas e na propaganda da TV, do que no Vosso Amor e na Vossa Palavra, Senhor. Não procura tempo para pensar na própria vida, não se comunica convosco através da oração. Assim distancia-se cada vez mais do caminho dos Vossos mandamentos e sofre a decepção por causa do vazio que encontra. Depois faz sofrer os outros… Senhor, tem piedade de nós e dos filhos perdidos, indiferentes ao Vosso Amor.

T. Perdão, Senhor, / imploramos a Vossa misericórdia!

L. A família é o santuário de vida e a primeira escola dos valores humanos e religiosos. São muitas famílias verdadeiramente santas, mas também são as que deixam de cumprir os compromissos matrimoniais. São infiéis, separam-se, praticam o aborto destruindo uma vida indefesa, que só a Vós pertence, Senhor. Não cuidam da educação religiosa dos filhos. Surgem também os vínculos conjugais sem compromisso algum diante de Deus e da sociedade, juntando-se a outros perigos que ameaçam a vida familiar. Senhor, tem piedade de nós, das nossas famílias e das do mundo inteiro.

T. Perdão, Senhor, / imploramos a Vossa misericórdia!

L. Também nós, a Vossa Igreja, Senhor, vos pedimos perdão pois nem sempre somos o que devemos ser. Nem sempre vivemos de verdade o Vosso Evangelho e não o anunciamos com fervor e dedicação, principalmente pelo testemunho de nossa vida. Nem sempre confiamos em Vós e seguimos orientações dos Vossos ministros. Deixamos de cumprir os nossos deveres decorrentes do Batismo. Às vezes, também sem consideração devida, aproximamo-nos dos sacramentos, ou já faz tempo que não os recebemos. Acontece, também, que colocamos o interesse pessoal acima do comunitário e nem sempre sabemos reconhecer-vos e acolher-vos na pessoa do próximo. Senhor, tem piedade de nós e de toda a Tua Igreja.

T. Perdão, Senhor, / imploramos a Vossa misericórdia!

L. Por todos os nossos pecados pessoais e comunitários, cometidos por pensamentos, palavras, atos e omissões, e pelos pecados do mundo inteiro, pedimo-vos perdão, Senhor.

T. Perdão, Senhor, / imploramos a Vossa misericórdia!

Canto: Perdão, Senhor

Perdão, Senhor, tantos erros cometi. Perdão, Senhor, tantas vezes me omiti.

Perdão, Senhor, pelos males que causei, pelas coisas que falei, pelo irmão que eu julguei (bis)

Piedade, Senhor. Tem piedade, Senhor. Meu pecado vem lavar com seu amor.

Piedade, Senhor. Tem piedade, Senhor. E liberta minha alma para o amor.

Perdão, Senhor, porque sou tão pecador. Perdão, Senhor, sou pequeno e sem valor.

Mas mesmo assim, Tu me amas, quero então,

te entregar meu coração, suplicar o Teu perdão. (2x)

Leitura breve: “Se alguém diz: ‘Eu amo a Deus’ e, no entanto, odeia o seu irmão, esse tal é mentiroso; pois quem não ama o seu irmão, a quem vê, não poderá amar a Deus, a quem não vê. E este é justamente o mandamento que dele recebemos: quem ama a Deus, ame também o seu irmão” (1Jo 4,20-21).

Um momento de silêncio…

ATO DE LOUVOR

D. O homem foi criado à imagem e à semelhança de Deus. Sendo ele a mais perfeita das criaturas, por ter a inteligência e a alma imortal, assume em nome de toda a criação, a ação de graças e o louvor ao Senhor do Céu e da Terra. Unamo-nos, então, aos anjos e santos, a todo o Universo louvando e bendizendo o nosso Deus, que é Pai, Filho e Espírito Santo.

L. Vós sois digno, Senhor nosso Deus, de receber honra, glória e poder!

T. Poder, honra e glória ao Cordeiro de Deus!

L. Porque todas as coisas criastes, é por Vossa vontade que existem, e subsistem porque Vós mandais.

T. Poder, honra e glória ao Cordeiro de Deus!

L. Vós sois digno, Senhor nosso Deus, de o Livro nas mãos receber e de abrir suas folhas lacradas!

T. Poder, honra e glória ao Cordeiro de Deus!

L. Porque fostes por nós imolado; para Deus nos remiu Vosso sangue…

T. Poder, honra e glória ao Cordeiro de Deus!

L. Pois fizestes de nós, para Deus, sacerdotes e povo de reis, e iremos reinar sobre a terra.

T. Poder, honra e glória ao Cordeiro de Deus!

Canto: Quão grande és tu

1. Senhor meu Deus, quando eu maravilhado, fico a pensar nas obras de Tuas mãos

No céu azul de estrelas pontilhado, o Teu poder mostrando a criação.

Então a minh’alma canta a Ti, Senhor. Quão grande és Tu! Quão grande é Tu. (bis)

2. Quando a vagar nas matas e florestas, o passaredo alegre ouço a cantar.

Olhando os montes, vales e campinas, em tudo vejo o Teu poder sem par.

Então a minh’alma…

L. Obras do Senhor, bendizei o Senhor, louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!

T. A Vós Senhor, glória e louvor eternamente!

L. Anjos do Senhor, bendizei o Senhor! Céus do Senhor, bendizei o Senhor!

T. A Vós Senhor, glória e louvor eternamente!

L. Lua e sol ,bendizei o Senhor! Astros e estrelas, bendizei o Senhor!

T. A Vós Senhor, glória e louvor eternamente!

L. Luzes e trevas, bendizei o Senhor! Raios e nuvens, bendizei o Senhor!

T. A Vós Senhor, glória e louvor eternamente!

L. Montes e colinas, bendizei o Senhor! Plantas da terra, bendizei o Senhor!

T. A Vós Senhor, glória e louvor eternamente!

L. Fontes e nascentes, bendizei o Senhor! Mares e rios, bendizei o Senhor!

T. A Vós Senhor, glória e louvor eternamente!

L. Sacerdotes do Senhor, bendizei o Senhor! Servos do Senhor, bendizei o Senhor!

T. A Vós Senhor, glória e louvor eternamente!

L. Almas dos justos, bendizei o Senhor! Santos e humildes, bendizei o Senhor!

T. A Vós Senhor, glória e louvor eternamente!

L. Ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo, louvemos e exaltemos pelos séculos sem fim!

T. Louvemo-lo e exaltemo-lo hoje e para sempre!

Canto: Eterno é seu amor

1. Em coro a Deus louvemos, eterno é seu amor. Pois Deus é admirável, eterno é seu amor.

Por nós fez maravilhas, louvemos o Senhor.

2. Criou o céu e a terra, eterno é seu amor. Criou o sol e a lua, eterno é seu amor.

3. Fez águas, nuvens, chuvas, eterno é seu amor. Fez pedras, terras, montes, eterno é seu amor.

4. Distribuiu a vida, eterno é seu amor. Na planta, peixe e ave, eterno é seu amor.

5. E fez à sua imagem, eterno é seu amor. O homem livre e forte, eterno é seu amor.

6. Na história que fazemos, eterno é seu amor. Deus vai à nossa frente, eterno é seu amor.

D. Louvemos agora ao Senhor, com a oração escrita por São Francisco:

T. Vós sois o santo, / Senhor e Deus único, / que operais maravilhas. / Vós sois o Forte. / Vós sois o Grande. / Vós sois o Altíssimo. / Vós sois o Rei onipotente, / santo Pai, / Rei do Céu e da terra. / Vós sois o Trino e Uno, / Senhor e Deus, / o Bem universal.

Vós sois o Bem, / o Bem universal, / o sumo Bem, / Senhor e Deus, / vivo e verdadeiro. / Vós sois a delícia do amor. / Vós sois a Sabedoria. / Vós sois a Humildade. / Vós sois a Paciência. / Vós sois a Segurança. / Vós sois o Descanso. / Vós sois a Alegria e o Júbilo. / Vós sois a Justiça e Temperança. / Vós sois a plenitude da Riqueza. / Vós sois a Beleza. / Vós sois a Mansidão. / Vós sois o Protetor. / Vós sois o Guarda e o Defensor. / Vós sois a Fortaleza. / Vós sois o Alívio.

Vós sois a nossa Esperança. / Vós sois nossa Fé. / Vós sois nossa inefável Doçura. / Vós sois nossa Eterna Vida, / ó Grande e maravilhoso Deus, Senhor onipotente, / misericordioso Redentor.

Leitura breve: “A salvação pertence ao nosso Deus, que está sentado no trono, e ao Cordeiro… Amém! O louvor, a glória, a honra, o poder e a força pertencem ao nosso Deus, para sempre. Amém! “ (Ap 7,10b.12)

Um momento de silêncio…

ATO DE PETIÇÃO

D. Somos filhos de Deus e Ele sabe de tudo que estamos precisando, porém quer que O peçamos confiantes e perseverantes. Conforme o próprio Jesus Cristo nos garante, qualquer coisa que pedirmos em seu Nome, receberemos. Apresentemos agora os nossos pedidos, lembrando também das necessidades da Igreja e do mundo inteiro.

L. Senhor, queremos interceder pelas pessoas do mundo inteiro, que o Vosso Espírito os leve a crer em um Deus que ama e perdoa. Que respeitem as Vossas Leis e a Vossa Vontade. Que sigam fielmente a voz da própria consciência e se empenhem lealmente na busca da paz, da justiça e na construção de um mundo cada vez melhor.

T: Senhor, ouvi esta prece e atendei-nos, pois confiamos em Vós.

L. Pelos perseguidos por causa da raça, cor, convicções políticas e religiosas, que não se sintam desvalorizados, não percam a esperança e que sempre possam contar com o total apoio da sociedade e da Igreja. Que os anime a certeza que Jesus Cristo quebra todas as barreiras e divisões.

T: Senhor, ouvi esta prece e atendei-nos, pois confiamos em Vós.

L. Pelos que sofrem carregando a cruz da enfermidade, da velhice, do desamor e de todo tipo de rejeição, que o Senhor os conforte com a sua graça, que os fortalece na esperança e que possam encontrar as pessoas que sabem compadecer-se e ajudar nas dificuldades.

T: Senhor, ouvi esta prece e atendei-nos, pois confiamos em Vós.

L. Pelos que vivem na miséria, pelos sem teto, pelos que vivem debaixo das pontes, dos viadutos e nas ruas e pelos que passam fome, que encontrem a caridade fraterna e a solidariedade na luta por uma vida mais digna. Que os anime a certeza que Deus não se esqueceu deles, que os ama e que recompensará as privações presentes.

T: Senhor, ouvi esta prece e atendei-nos, pois confiamos em Vós.

L. Pelos desempregados, pelos mal remunerados e explorados de todas as maneiras, que não se entreguem ao desespero e à resignação. Que encontrem a solidariedade e o apoio das organizações humanitárias, dos movimentos e das pessoas de boa vontade. Que confiem na justiça e na providência de Deus.

T: Senhor, ouvi esta prece e atendei-nos, pois confiamos em Vós.

L. Por aqueles que caíram no poder dos vícios. Pelos que abusam em bebidas alcóolicas, pelos que se tornaram dependentes das drogas e pelos que levam uma vida imoral; que encontrem a compreensão e a ajuda do seu ambiente e que o Senhor lhes conceda a graça de uma plena libertação.

T: Senhor, ouvi esta prece e atendei-nos, pois confiamos em Vós.

L. Pelos governantes, que o Senhor os ilumine e os abençoe, para que saibam exercer a autoridade e a responsabilidade lhes confiada com dedicação e humildade. Que tenham zelo pelo bem comum, pela justiça e por uma justa distribuição dos bens. Que promovam a paz e os verdadeiros valores culturais e morais.

T: Senhor, ouvi esta prece e atendei-nos, pois confiamos em Vós.

L. Pelos cientistas, artistas, médicos, professores e todos os profissionais, que honestamente empenhem-se na busca da verdade, do bem e no serviço ao próximo, embora nem sempre estejam reconhecidos e valorizados devidamente.

T: Senhor, ouvi esta prece e atendei-nos, pois confiamos em Vós.

L. Pelos que administram os meios de comunicação social, que saibam usar estes recursos para o bem moral e espiritual das pessoas e nunca para a desmoralização, manipulação ou a mentira.

T: Senhor, ouvi esta prece e atendei-nos, pois confiamos em Vós.

L. Pela Igreja, o Povo de Deus, com o nosso Papa…, o nosso Bispo…, com todos os bispos, sacerdotes e ministros. Unidos na fé e na caridade, dedicados ao anúncio do Evangelho, sejam para o mundo um sinal atraente do Reino de Deus.

T: Senhor, ouvi esta prece e atendei-nos, pois confiamos em Vós.

L. Pelas vocações sacerdotais e religiosas, que o Senhor chame do meio das comunidades muitos jovens generosos e decididos, prontos a se doar à causa do Reino, pois “a messe é grande e poucos são os operários”.

T: Senhor, ouvi esta prece e atendei-nos, pois confiamos em Vós.

L. Pela nossa comunidade paroquial, que seja renovada pela ação do Espírito Santo. Que seja evangelizadora e seguidora autêntica de Jesus Cristo. Que cessem as divisões e discórdias e todos saibam buscar a glória de Deus e o bem do próximo.

T: Senhor, ouvi esta prece e atendei-nos, pois confiamos em Vós.

L. Pelas nossas famílias, pelos parentes, amigos e benfeitores, que o Senhor abençoe a todos. Que proteja de todo mal, dê saúde do corpo e da alma e a nós todos permita chegar à glória da vida eterna.

T: Senhor, ouvi esta prece e atendei-nos, pois confiamos em Vós.

L. Num momento de silêncio apresentemos ao Senhor os nossos pedidos pessoais…

T. Concede-nos, Senhor, / nosso Deus, / uma inteligência que te conheça, / um zelo que te procure, / uma sabedoria que te encontre, / uma vida que te agrade, / uma perseverança que espere por ti confiante, / e uma confiança / que finalmente chegue a possuir-te. / Ó tu que, sendo Deus, / vives e reinas por todos os séculos. / Amém.

Leitura breve: “Eu garanto a vocês: se vocês pedirem alguma coisa a meu Pai em meu nome, Ele a concederá. Até agora vocês não pediram nada em meu nome: peçam e receberão, para que a alegria de vocês seja completa” (J 16,23b-24).

ATO DE AGRADECIMENTO

D. Senhor, foi bom estarmos aqui! Agora vamos nos despedir. Temos a certeza que a Vossa bênção vai nos acompanhar sempre, para que em Vosso Nome possamos ir ao encontro dos desafios que a vida traz. E também, que possamos revelar o vosso rosto para o mundo, que constantemente insiste: “Queremos ver Jesus!” Receba, Senhor, o nosso agradecimento por este tempo de bênção que passamos aqui, na Vossa presença.

T. Onipotente, / Santíssimo, / Altíssimo e Soberano Deus, / que sois todo o bem, / o sumo Bem, / a plenitude do Bem, / que só Vós sois bom, / nós vos tributamos todo o louvor, / toda a glória, / toda a ação de graças, / toda a exaltação, / e todo o bem. / Amém.

Bênção do SS.Sacramento(veja: Benções)

Canto final:

1. Tu, te abeiraste na praia, / não buscaste nem sábios nem ricos, / somente queres que eu Te siga.

Senhor, Tu me olhaste nos olhos, / a sorrir, pronunciastes meu nome. / Lá na praia, eu larguei o meu barco, /junto a Ti buscarei outro mar…

2. Tu sabes bem que em meu barco / eu não tenho nem ouro nem espadas, / somente redes e o meu trabalho.

3. Tu minhas mãos solicitas, / meu cansaço que a outros descanse, / amor que almeja seguir amando.

4. Tu, pescador de outros lagos, / ânsia eterna de almas que esperam, / bondoso amigo que assim me chamas.

Top Articles

Latest Posts

Article information

Author: Tyson Zemlak

Last Updated: 11/14/2022

Views: 6364

Rating: 4.2 / 5 (63 voted)

Reviews: 94% of readers found this page helpful

Author information

Name: Tyson Zemlak

Birthday: 1992-03-17

Address: Apt. 662 96191 Quigley Dam, Kubview, MA 42013

Phone: +441678032891

Job: Community-Services Orchestrator

Hobby: Coffee roasting, Calligraphy, Metalworking, Fashion, Vehicle restoration, Shopping, Photography

Introduction: My name is Tyson Zemlak, I am a excited, light, sparkling, super, open, fair, magnificent person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.